Da natureza... o melhor
As novidades da IREKS: para
estar atualizado em todo o mundo
Português
Português
Ireks
Português> NOTICIAS> Tendências: especialidades natalícias... cada vez mais internacionais

Tendências: especialidades natalícias... cada vez mais internacionais

De entre todas as festividades e celebrações do ano, o Natal é, sem dúvida, uma das festas mais esperadas e também a época de maior consumo de doces. É por isso que muitas padarias e pastelarias de todo o país começam a aquecer os motores nos meses anteriores para enfrentar com êxito a vital campanha natalícia.

Nos últimos tempos, para além dos doces natalícios tradicionais, também se podem encontrar várias especialidades internacionais no sortido de qualquer tipo de estabelecimento. E o Natal também não consegue fugir à expansão e à influência das tendências mundiais. Um claro exemplo é o panetone italiano, desconhecido há 20 anos nosso país e atualmente um dos elaborados mais requisitados.

Este ano, propomos-lhe algumas especialidades natalícias cada vez mais internacionais, com as quais pode surpreender os seus clientes:

Roscón de Reyes

O Roscón de Reyes — um bolo com forma toroidal e decorado com fruta confitada, com açúcar ou cristalizada de diferentes cores — é a sobremesa natalícia tradicional em Espanha para celebrar os dias 5 ou 6 de janeiro, dependendo da região.
A receita original não leva qualquer recheio (ou, quando muito, contém maçapão), embora nos últimos anos se tenham popularizado as variedades com recheio de natas, creme, chocolate ou trufa.
Semelhante ao Bolo-Rei português, a particularidade deste doce é que no seu interior se escondem a figurinha de um rei e uma fava. Segundo a tradição espanhola, quem encontrar a figurinha é coroado rei e quem encontrar a fava paga o roscón.

Torrão

De origem árabe, o torrão é outra especialidade natalícia muito popular e com uma tradição secular em Espanha.
Elaborado basicamente com mel (ou açúcar), amêndoas peladas tostadas e, opcionalmente, com clara de ovo, atualmente comercializam-se variedades de diferentes sabores, alguns realmente originais. Todavia, as variedades mais conhecidas são o torrão duro ou de Alicante e o torrão mole ou de Jijona.

Panetone

Se existe um doce natalício de grande êxito internacional, é o panetone italiano.
Característico pela sua forma cilíndrica, a sua textura suave e esponjosa e o seu recheio de passas e fruta confitada, o panetone conquistou o paladar de muitos consumidores nos últimos anos, convertendo-se num dos doces mais requisitados no Natal.
Para além do panetone tradicional, hoje em dia pode encontrar-se variedades para todos os gostos.
Para saber como preparar o panetone ao estilo italiano passo a passo, dê uma vista de olhos ao nosso vídeo prático.

Pinza

No vasto repertório de doces italianos, encontramos um especialmente esponjoso, suculento e fofo: a pinza.
Elaborada com uma fina massa fermentada, o aroma a casca de limão e baunilha fazem com que a pinza seja uma sobremesa realmente deliciosa. Também é característica pela sua forma: antes de levar ao forno, corta-se a superfície da massa em três partes que representam a Santíssima Trindade.

Tronco de Natal

Oriundo de França, o tronco de Natal ou bûche de Noël é uma sobremesa natalícia tradicional em vários países europeus e muito popular em regiões de influência francófona.
Como o seu nome indica, este doce costuma preparar-se, apresentar-se e decorar-se de forma a parecer um tronco pronto a colocar na lareira.
A receita tradicional elabora-se com pão-de-ló genovês (ou pão-de-ló esponjoso) que se barra com creme. Em seguida, enrola-se formando um cilindro e volta a barrar-se por fora.

Galette des rois

Em França e na Bélgica é tradicional celebrar a Epifania com a galette des rois (Bolo dos Reis), uma tarte de massa folhada, frequentemente recheada com creme frangipana que esconde uma fava no seu interior. Segundo a tradição (diferente de Espanha), o rei da festa será quem encontrar a fava.

Lebkuchen

O lebkuchen é um dos doces indispensáveis do Natal na Alemanha e noutros países do norte da Europa.
São características a sua textura (não é nem pão-de-ló nem pão), a sua forma de obreia e o seu incrível sabor aromático fruto da mistura de numerosas especiarias como a canela, o cravo, o cardamomo, o gengibre e a noz-moscada, entre outras.
CCom uma tradição que remonta ao século X, a elaboração de lebkuchen está protegida pela sua própria denominação de origem em algumas regiões. Um claro exemplo são os Nürnberger Lebkuchen (lebkuchen de Nuremberga), possivelmente os mais famosos e conhecidos a nível internacional.

Stollen

Outro doce natalício típico da Alemanha e com cada vez mais presença em padarias e pastelarias do nosso país é o Stollen, chamado também Christstollen.
Trata-se de um pão doce com frutos desidratados, de textura firme e coberto com uma generosa camada de açúcar glacê, o que, de certo modo, recorda o menino Jesus recém-nascido.
O Stollen também é tradicional durante as semanas do Advento.

Cozonac

Na Roménia, a sobremesa mais representativa das festas natalícias é o cozonac, um doce à base de ovo, manteiga, farinha e leite, com forma de trança e decorado com nozes picadas, sementes de papoila ou açúcar. Por vezes, acrescentam-se ovos pintados como elemento ornamental.
Também se pode preparar o cozonac com diversos recheios, por exemplo, de nozes, chocolate, passas ou rahat lokum (doce turco gelatinoso).
Este elaborado é típico na Bulgária, Macedónia do Norte e Albânia para celebrar a Páscoa.

Brownies ǀ Cookies

Embora não sejam propriamente tradicionais do Natal, estes dois clássicos dos Estados Unidos também são uma boa opção para ampliar o sortido de especialidades natalícias e atrair consumidores de todas as idades.
Com um pouco de imaginação, pode preparar deliciosos brownies e cookies de sabores, com recheios e decorações de inspiração natalícia.

Se sente curiosidade por saber como elaborar estas e outras especialidades, consulte os nossos novos livros de receitas específicos de elaborados natalícios:

MIX GRANDI OCCASIONI

Especialidades natalícias

Especialidades natalícias internacionais

Tem alguma dúvida? Entre em contacto connosco ou com a nossa equipa técnica-comercial em Portugal. Teremos todo o gosto em ajudá-lo!